A restauração dentária é fundamental para uma boa saúde bucal.

Tratamento Restaurador

Uma vez que a parte funcional dos dentes está afetada, os tratamentos restauradores são fundamentais para restabelecer um sorriso harmônico e a funcionalidade da saúde bucal.

Restauração
de resina

Prótese
dental

Endodontia (tratamento de canal)

Ortodontia (alinhadores invisíveis)

Restauração de resina

Para que serve as restaurações de resina?

A restauração serve para que a deterioração total do dente seja evitada, e para que a sensibilidade desapareça, restaurando as funções naturais da arcada dentária.

O material utilizado possui aspecto natural e se assemelha aos dentes do paciente.

Pacientes que já possuem restaurações metálicas podem trocar para as de resina.

A restauração pode ser aplicada com material cerâmico ou com resinas compostas, dependendo dos objetivos e da situação bucal do paciente.

Restauração de resina

Para que serve as restaurações de resina?

A restauração serve para que a deterioração total do dente seja evitada, e para que a sensibilidade desapareça, restaurando as funções naturais da arcada dentária.

O material utilizado possui aspecto natural e se assemelha aos dentes do paciente.

Pacientes que já possuem restaurações metálicas podem trocar para as de resina.

A restauração pode ser aplicada com material cerâmico ou com resinas compostas, dependendo dos objetivos e da situação bucal do paciente.

Quando uma restauração será de porcelana e de resina?

Quando as cavidades dos dentes a serem restaurados forem pequenas, optamos por fazer restaurações de resina diretas, feitas numa sessão, criando uma escultura seguindo a anatomia natural;
Quando as cavidades forem maiores, ou se a perda parcial do dente for grande, maior será a chance de utilizarmos porcelanas, sempre preservando o que sobrar do dente.”

Quais os materiais podem ser utilizados
em uma restauração dentária?

Restauração de cerâmica

A restauração de cerâmica é executada com a preparação e molde feito pelo cirurgião-dentista. Após isso, um técnico de laboratório irá finalizar o procedimento com o paciente.

Resina composta

A resina composta pode ser aplicada diretamente sobre o dente do paciente, em uma única sessão, ou pelo método indireto, como a de cerâmica. As resinas possuem composições diferentes.

Prótese Dental

O que é prótese dental?
É o nome que se dá a uma prótese que visa substituir a coroa de um dente natural que foi prejudicada em sua estrutura. Logo, é também chamada de coroa protética dentária.
Quem precisa de prótese dentária?
Para recomendar uma prótese dentária, nós baseamos-se nos seguintes fatores que podem ocorrer na boca do paciente: quebra de um dente, desgaste de dente e pouca resistência, correção de pequenos desalinhamentos, falta de um dente, necessidade de melhorar a aparência da boca, ao término de um tratamento de canal quando houve grande perda de estrutura dental, e necessidade de colocar um implante dentário.
Qual a durabilidade da prótese?
Isso dependerá de fatores como a adaptação correta da prótese ao dente, o espaço suficiente, a qualidade dos materiais utilizados, a adequação da prótese com os dentes vizinhos e antagonistas, além da manutenção regular e higiene.
Pós-operatório
Se a quantidade da troca de dentes para próteses for grande ou total (todos os dentes), será necessário um período de adaptação maior. Alguns hábitos deverão passar por um processo de reaprendizado, como a mastigação e a fala.

Quem pode precisar de uma prótese dentária?

Quebra de um dente;

Desgaste de dente e pouca resistência;

Correção de pequenos desalinhamentos;

Ausência de um dente ou mais ou todos;

Ao término de um tratamento de canal quando houve grande perda de estrutura.”

Necessidade de melhorar a aparência da boca;

Endodontia

É a área em que se realiza o tratamento de canal, que é feito para que haja remoção do tecido pulpar (tecido interno e mole que contém nervos) do dente e tem como finalidade acabar com a dor ou impedir que ela ocorra nos casos de dentes com cáries extensas.
Quando a polpa está doente ou sofreu lesões e não consegue se recuperar sozinha, ela necrosa. As causas mais comuns de necrose pulpar são fratura dentária ou cárie extensa. Esses dois problemas podem permitir que bactérias entrem na polpa, causando uma infecção dentro do dente e prejudiquem a saúde bucal do paciente.

Endodontia

É a área em que se realiza o tratamento de canal, que é feito para que haja remoção do tecido pulpar (tecido interno e mole que contém nervos) do dente e tem como finalidade acabar com a dor ou impedir que ela ocorra nos casos de dentes com cáries extensas.
Quando a polpa está doente ou sofreu lesões e não consegue se recuperar sozinha, ela necrosa. As causas mais comuns de necrose pulpar são fratura dentária ou cárie extensa. Esses dois problemas podem permitir que bactérias entrem na polpa, causando uma infecção dentro do dente e prejudiquem a saúde bucal do paciente.

Como funciona o tratamento?

Acesso: é realizada a abertura do canal para ter acesso ao interior do dente infectado;

Remoção: é retirada a parte que ocasiona dor no paciente: o tecido pulpar. A camada nervosa do dente é esvaziada.

Preenchimento interno: após removida a camada nervosa, o preenchimento é feito com um (gutapercha);

Realização da obturação: a cavidade aberta é selada com uma restauração feita de resina.

Ortodontia

Aqui, tratamos o posicionamento dos dentes e dos ossos do maxilar para fazer a correção do aspecto quando estiverem tortos.
Além de crianças e adolescentes em fase de formação, adultos que não realizaram um tratamento ortodôntico podem apresentar a mesma necessidade de tratamento ortodôntico.
A fala e a dicção podem ser afetadas por dentes mal posicionados. Isso acontece porque eles ocasionam mais dificuldade na higienização bucal, o que por sua vez aumenta a susceptibilidade de cáries e também o desenvolvimento de doenças da gengiva.
Além disso, o mal posicionamento da arcada dentária pode ocasionar em uma distribuição inadequada das forças de mastigação, o que pode causar dores de cabeça e nas articulações.
Alinhadores estéticos
Hoje, não utilizamos mais os aparelhes metálicos, somente os alinhadores ortodônticos. Eles são bem diferentes dos aparelhos comuns e proporcionam uma terapia mais simples e confortável aos pacientes. É um conjunto de placas transparentes removíveis que atua com a finalidade de realizar a movimentação gradual dos dentes.
Como funciona?
Dependendo dos casos, são várias as etapas para o tratamento ortodôntico. Deve-se realizar o alinhamento e nivelamento dos dentes e depois é instalado o aparelho específico. Assim como todo tratamento ortodôntico, cada caso é único. Os aparelhos devem ser usados por aproximadamente 22 horas ao dia.

Informações importantes sobre os alinhadores ortodônticos:

Retire os alinhadores para comer, escovar os dentes e passar fio dental;

Não haverão fios ou metais que podem irritar a sua boca;

A troca dos alinhadores é feita a cada duas semanas;

Seus dentes se moverão aos poucos durante o tratamento;

Alinhadores não irão interferir no seu estilo de vida e rotina.

Os resultados aparecem entre 6 meses e 1 ano, na maioria dos casos.

A maioria das pessoas nem vai notar que você está em tratamento.

Fale conosco!

Deseja mudar seu sorriso? Entre em contato conosco pelos nossos telefones abaixo ou preencha o formulário para agendar uma consulta. Não aceitamos convênios.

Agende sua consulta

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Marcas que trabalhamos

CONTATO

Entre em contato conosco. Será um prazer atendê-lo!

Não aceitamos convênios.

NEWSLETTER

Inscreva-se para receber todas as novidades no seu e-mail.

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

REDES SOCIAIS

Siga as redes sociais e acompanhe nosso conteúdo.

ATENDIMENTO PARTICULAR

Seg – Sex das 8h30 às 18h00
Sáb das 8h30 às 12h00

Alameda Campinas, 728,Sala 404 Jardim Paulista – São Paulo/SP